Fotos veronica perdomo 2011

Fotos veronica perdomo 2011

Psicose, um dos clássicos de Hitchcock, tem uma das trilhas sonoras mais marcantes da história do cinemaDivulgação
Primeiro de tudo, é importante saber quem é aquele diretor e qual seu tipo de trabalho, de proposta. Se souber um pouco mais sobre ele, melhor. Não é necessário ler críticas antes, até porque pode acabar tendo algum spoiler e ficar irritado com isso. Mas é bom conseguir ambientar aquele filme, saber seu contexto e estar aberto a entendê-lo.

1 - O filme é realista? Então tente notar se o que vê na tela faz sentido. As ações fazem sentido para aqueles personagens, de acordo com os traços de personalidade que foram passados no começo? Os diálogos fazem sentido? Cuidado: às vezes é os diálogos serem ‘sem pé nem cabeça’ é uma intenção do cineasta.

2 - O filme pode não ser pautado no realismo. Aí você precisa estar aberto a tentar entender o que o cineasta quis dizer com isso. Pode ser baseado em fantasias, ciência, teatro farsesco, etc. Por isso olhar o filme com a cabeça aberta ajuda muito.

3 - Fotografia: é comum as pessoas elogiarem a fotografia de um filme por não saberem fazer comentários além disso. Tudo bem elogiar a fotografia, mas fique atento: paisagens bonitas não definem uma bela fotografia, mas sim a forma como foi usada a luz, a exposição ou não de personagens/objetos, as cores e como o clima foi construído para aquela narrativa. Se fotografia fosse só paisagem, era só fazer filmes com belas montanhas ao fundo.

4 - Roteiro: há diversos manuais e regras básicas, mas até quando não são seguidas o roteiro pode ser muito bom. O principal é não explicar demais a trama, principalmente por meio das falas, algo comum nas novelas, o que subestima a inteligência do espectador e tira a graça de acompanhar a trama. Roteiro bom é aquele bem amarrado em que os acontecimentos não parecem forçados, você entende as atitudes dos personagens mesmo discordando moralmente delas e o tema proposto prende sua atenção. De qualquer forma há até quem filme sem roteiro. O importante é não subestimar o espectador nem fazer algo sem sentido apenas para “parecer genial”.

5 - Direção de arte: tudo em um filme tem que fazer sentido com a proposta da direção. A direção de arte ajuda a definir a paleta de cores com o departamento de fotografia e é responsável por figurino, maquiagem, locações, decoração, objetos, entre outras coisas. Um personagem precisa se vestir de acordo com suas características e morar em uma casa compatível com sua profissão, personalidade, por exemplo. Parece bobagem, mas quando a direção de arte erra ou é ausente, o filme simplesmente “não funciona”.

6 - Edição: geralmente o tempo que dura um plano é o tempo que o diretor quer que você pense sobre ele. Edição inclui lógica na narrativa, acabamento, mixagem de sons. A construção de uma edição paralela, por exemplo, pode aumentar ou diminuir a tensão da trama. O que é edição paralela? É quando você tem dois ou mais fatos acontecendo ao mesmo tempo e isso é mostrado desta forma para que você fique eletrizado na sua poltrona. Existe a velha história de que a edição salva ou arruina um filme. É verdade.

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Fotos veronica perdomo 2011 60
Franziskanermissionen in der Sierra Gorda Wikipedia
Fotos veronica perdomo 2011 24
Excluir permanentemente conta do Facebook - Remover
Fotos veronica perdomo 2011 22
Parque Cerro de las Campanas en Quertaro, Quertaro
Fotos veronica perdomo 2011 98
Mi pagina de facebook no aparece en el buscador
Fotos veronica perdomo 2011 29
Bokep gratis
Fotos veronica perdomo 2011 63
Fotos veronica perdomo 2011 24
Fotos veronica perdomo 2011 78
Fotos veronica perdomo 2011 81
Fotos veronica perdomo 2011 63
Fotos veronica perdomo 2011 77
Fotos veronica perdomo 2011 25
Fotos veronica perdomo 2011 65